PR do Piauí homologa candidaturas a deputados federais e estaduais

Compartilhe

O PR é um dos partidos que fazem parte da coligação governista que realizaram sua convenção estadual, nesta sexta-feira (03), no Atlantic City, na zuna sul de Teresina. O partido vai para as eleições com cinco candidatos a deputados estaduais e dois para federal.

Vão disputar vagas na Assembleia Legislativa do Piauí: Fábio Xavier e Dr. Hélio, que vão tentar a reeleição, coronel Carlos Augusto, Devan Eugênio e Edvaldo Andrade. Já para deputado federal, os candidatos serão Jobson e Fábio Abreu, que também vai buscar ser reeleito.

Fábio Xavier, presidente estadual do partido, falou sobre a expectativa para as eleições: “O PR vai defender seus candidatos, vai lutar com toda a força para ver o governador Wellington Dias reeleito e o Ciro Nogueira renovando seu mandato, porque é um senador que muito tem contribuído para estado do Piauí”, afirmou.

Questionado se acredita na reeleição de Wellington Dias, Xavier respondeu: “Não tenho dúvida alguma, eu acho que o Brasil vem atravessando um período de muita dificuldade, mas o Piauí, dentro desse ambiente, está conseguindo, mesmo com dificuldades, manter as coisas em ordem”.

Xavier fez uma análise de sua passagem pela secretaria estadual das Cidades: “Eu tive o privilégio, durante esse mandato todo, de comandar uma secretaria importante do governo, a Secretaria das Cidades, onde nós levamos obras para quase todo o estado do Piauí, construímos os planos de saneamento básico. Conseguimos construir mais de um milhão de metros quadrados de calçamento, estradas, pontes, asfalto e eu espero poder, caso o povo confie em mim o direito de representá-lo, de fazer a mesma coisa no mandato caso seja renovado”, declarou.

O coronel Carlos Augusto se filiou ao PR no evento: “Hoje, eu tomei uma decisão muito importante na minha vida, estou me filiando pela primeira vez a um partido político, essa é a minha primeira filiação e decidi pelo PR por um propósito que tenho em um eventual mandato, que é a necessidade de termos alguém na Assembleia que já viveu uma experiência de 30 anos na Segurança Pública, alguém que conhece as necessidades do Estado pela Segurança”, relatou.

“Vou para as ruas mesmo, pedir um voto de confiança das pessoas com objetivo muito claro que é trabalhar pela segurança da população, de ser a voz da população na Assembleia Legislativa no que diz respeito à Segurança Pública. Nós precisamos de mais do que palpiteiros na Segurança Pública, nós precisamos de alguém que viveu essa experiência de assistir a todos os dias jovens matarem, serem assassinados”, argumentou.

Fonte: GP1

Comentários no Facebook

Entre em contato com o Portal MN
Enviar mensagem
Close